Chega de profetas do apocalipse!


Recentemente estive com um colega em uma reunião com várias pessoas envolvidas e líderes no tema sustentabilidade. Saímos de lá um pouco desanimados com o que ouvimos de algumas pessoas. O desafio que estamos enfrentando com o aquecimento global é imenso, sabemos muito bem. Estamos atrasados, eu sei. Disse uma das pessoas na reunião: “Nicholas Stern, o economista que previu que se o mundo investisse 1% do PIB mundial para desenvolver tecnologias para diminuir o avanço do aquecimento global teríamos 10 anos para enfrentar o problema, acaba de dizer que foi muito otimista na previsão e que não temos mais esse tempo”. Mais: se não reduzirmos as emissões de gases de efeito estufa teremos muitos problemas sociais e ambientais, ok… Todos sabemos disso. Mas nessa reunião, que se propõe a ser um fórum para levantar soluções, possibilidades de ação, as pessoas ficaram martelando dados negativos, sem apresentar soluções.

Acho que já passou o momento de ficar dizendo que o mundo vai acabar. Para o bem e para o mal, a população já sabe disso por meio de matérias na televisão, nos jornais, internet etc. Não quero bancar o ingênuo aqui, mas não seria o momento de focar a discussão nas soluções, nas possibilidades que temos para enfrentar o problema? Pouco importa se as pessoas estão pagando 5 mil reais em lojas de luxo por sacolas de pano de grife, desde que elas estejam conscientes da necessidade de mudar. Não tem outro jeito: é cada um fazendo a sua parte e buscando solução. Chega de profetas do apocalipse! Está na hora de começarmos a dar um basta em quem prega o imobilismo e valorizar quem está fazendo coisas interessantes. Acabei de descobrir o blog oguiaverde.com que se propõe a ser um guia de ‘lugares verdes’ ou ‘sustentáveis’ como queiram. É bem melhor do que ficar escrevendo artigo no jornal dizendo que o mundo vai acabar…

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Sustentabilidade, Uncategorized

2 Respostas para “Chega de profetas do apocalipse!

  1. Gabi

    Ro,

    Estou devendo um comentário no meu blog sobre as reflexoes no estágio sobre consumo, eu sei. Descobri que se quiser ficar deprimida é só pensar em consumo e todos os problemas comendo dia-a-dia nossos ecosistemas.

    Por outro lado, como voce falou, lá pelas tantas no estágio tive um clique. Ok. Todo mundo nesta cidade (Londres) consume para caramba e joga fora tudo no final de cada estacao. Entao essa é a situacao e quais instrumentos temos para mudá-la? E desde entao tenho pensado muito sobre quais as mudancas necessarias. As respostas tem sido muito ligadas a repolitizacao de nossas escolhas. Infelizmente a história que ouvimos no Brasil muitas vezes diz que política=políticos=políticos corruptos. E na verdade repolitizar nossas escolhas é muito mais do que política partidária. Pode ser, por exemplo acao política e coletiva para encontrar solucoes para o trânsito de sao paulo e daí por diante. Assim que tiver fôlego prometo melhor as referencias e as reflexoes.

    Como vc falou o problema está aí e já sabemos. E para quem ainda nao quer saber o Millenium Ecossystem Assessment da ONU está lá para mostrar tudo. Agora cabe a nós a encontrar meios diferentes de desenvolvimento que sejam adequados à capacidade de regeneracao dos nossos ecosistemas e levem em consideracao as pessoas que hoje nao conseguem consumir o necessário para ter uma vida saudável e digna.

    Abs,
    Gabi

  2. É isso aí, Gabi. Agora estou encanado com publicidade infantil. Vou escrever um post sobre isso. Faz a cabeça direitinho da molecada. O Augusto já aprendeu a dizer “compra” rapidinho. A tendência de virarem grandes consumidores é forte…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s