Qual o país que queremos construir?


Quem ainda não viu precisa conhecer o video abaixo. Ontem mesmo, recebi novamente de outra fonte. No e-mail, meu amigo Oswaldo Pepe contava que havia recebido via facebook de uma amiga dizendo que todo mundo precisava ver este video antes de votar amanhã. No ponto. (O vídeo não tem conotação política. Ele fala sobre como cada um pode fazer a diferença.)

Estas eleições foram mornas como nenhuma outra. Quase nada de adesivos nos carros ou bandeiras penduradas. Já houve um tempo em que o PT atraía militantes esperançosos, empolgados com as possibilidades de construir um país moderno, com base na ética e nos valores. Este tempo ficou para trás. A boa notícia é que a nova liderança já começou a emergir com Marina Silva. Ainda vamos conhecer melhor estas ideias de um novo jeito de olhar a sociedade, construindo um modelo de desenvolvimento mais inclusivo

Este video abaixo do Fábio Barbosa, gravado no TEDxSP resume a essência de quem acredita nestas ideias. Ele fala em reforma de valores, ética, respeito… valores que se perderam nas meias, cuecas, malas de petistas e governistas aloprados. Um banho de corrupção que apagou a esperança de muita gente que acreditava no PT. Ideais que cabem hoje numa bolsa-família, importantes para incluir uma boa parte da sociedade, mas insuficientes para construir um projeto consistente de país.

O Brasil é muito maior do que um prato de comida e uma busca inebriante e cega pelo poder. Ainda temos um longo caminho pela frente. E lideranças como a de Fábio Barbosa para ajudar a apontar caminhos.

Vale a pena olhar para se inspirar na votação de domingo.

Leia mais: O poder das empresas de mudar o mundo

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Nova Sociedade, política, Sustentabilidade

5 Respostas para “Qual o país que queremos construir?

  1. Pingback: Tweets that mention Qual o país que queremos construir? « A Ficha Caiu -- Topsy.com

  2. Fábio Carvalhaes

    Embora o post nos apresente como conotação politica, achei o video isento deste propósito. Como sempre me fez pensar e ficou a mensagem de como o “dia a dia” pode mudar o mundo e como as empresas podem nos influenciar com valores positivos!!!!!!!!!

    Sou fã do seu Blog Rodrigo, mais uma vez um belo post.

    • Grande, Fábio, fiz até um ajuste no texto, para tirar a conotação política do vídeo. O texto, sim, tem conotação política. Não acredito que é possível viver sem ter uma posição política. Acredito em quem não pode manifestar sua posição, mas não ter, impossível. Quem não tem, vive à margem, sem poder opinar ou optar.
      Quem não vota, não pode reclamar do governo ou governantes. Não exerceu seu mais básico direito.
      abraço e valeu pela frequencia por aqui!

  3. “Ideais que cabem hoje numa bolsa-família, importantes para incluir uma boa parte da sociedade, mas insuficientes para construir um projeto consistente de país”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s