O futuros dos TEDx


A chegada em Palm Springs é meio estranha. A vista do avião mostra um monte de  lagos em meio a campos de golfe em pleno deserto. No aeroporto, o visual brega/kitsch/retrô dos anos 50 causa um pequeno choque. Mas é na saída do aeroporto que a vista enche os olhos. Montanhas gigantescas com picos cobertos de neve em meio ao deserto! A natureza não engana e ajuda a entender porque cerca de 50 mil pessoas vieram viver aqui. Palm Springs tem várias atrações para adultos e crianças. Esportes outdoor, cassinos e artes e cultura. Palm Springs é terra de índios. Há mais de 2 000 anos, os primeiros moradores que se tem registro eram da tribo Agua Caliente Cahuilla, índios pacíficos e caçadores, capazes de se adaptar ao clima tórrido do verão e gelado do inverno. A foto abaixo da montanha árida com a neve no topo ajuda a entender este contraste.

A neve e a aridez do deserto na California

Como não poderia ser diferente, os americanos conseguem capitalizar e marquetear em cima de qualquer coisa. Aqui, há alguns lugares onde se pode conhecer esta herança indígena. Como no lugar onde aconteceu o workshop do TED Active com mais de 160 organizadores de TEDx de todo o mundo! Senegal, Colômbia, Inglaterra, República Dominicana, Arábia Saudita, Coréia do Sul, Índia, entre outros. Ao ar livre, em meio a um frio de rachar cedo pela manhã e um sol de rachar ao meio-dia, cerca de 20 participantes contaram suas experiências na organização de TEDx pelo mundo e ouviram as dicas da equipe do TED sobre como conduzir os eventos, lidar com parcerias e treinar os palestrantes.

 

Workshop do TEDx na terra dos índios

Ampulheta do tempo correndo: 3 minutos por apresentação

Giorgio Ungania, do TEDx Dubai, fez um video bacana, capturando a essência do evento.

Ao final do dia, depois de uma conversa muito produtiva com os organizadores de TEDx da América Latina, fiquei com a clara impressão de que o futuro do TED está na capacidade destes grupos auto-organizados levarem adiantes estas ideias. O grande desafio que vive o TEDx agora é a capacidade de conciliar quantidade e qualidade. Somente na Índia são mais de 100 TEDx. Na Coreia do Sul, com apenas 50 milhões de habitantes, já são 63 TEDx. A brincadeira é que na Índia, por mais que existam regras, o pessoal faz do jeito que achar melhor! O que nem sempre é o melhor jeito para o TED…

O futuro do TED pode estar na capacidade dos grupos auto-organizados de espalhar ideias

Existe um ponto de saturação? Quantos TEDx a comunidade internacional e brasileira pode suportar? Na minha visão e vendo a energia de tanta gente reunida pelo mundo fazendo estes eventos incríveis acontecerem, ainda tem muito espaço. Eventos menores sempre serão mais fáceis (e baratos) de serem realizados. Encontrar patrocínios é um problema comum pelo mundo. Então, cada vez mais e dada a quantidade (mais do que bem-vinda) de TEDx que teremos neste ano no Brasil, o segredo será a criatividade e a persistência para colocar eventos de excelente qualidade de pé.

Conversando com os colegas chineses que organizaram o TEDx Taipei e TEDx Shanghai, chegamos à conclusão que os melhores palestrantes são sempre os locais. A turma da cidade, da comunidade. Aqueles que conseguem maior conexão com a plateia. Fica a dica para a incansável turma de organizadores de TEDx pelo Brasil! O movimento TED e global, mas o impacto pode ser muito maior se tiver tempero local.

http://www.visitpalmsprings.com/page/about-palm-springs/6375

6 Comentários

Arquivado em Inspiração, Interdependência, Nova Sociedade, Sustentabilidade

6 Respostas para “O futuros dos TEDx

  1. Fala Rodrigo!
    Sou mais um desses organizadores de TEDx no Brasil, do TEDxRaposos, uma cidadezinha de 15mil habitantes a 30km de BH. Bom saber que estamos representados aí. Seria muito bom poder conversar contigo sobre o TEDx e compartilhar algumas coisas sobre o formato. No nosso evento tivemos alguns locais, que foram muito bem recebidos. Amanhã postarei umas fotos de uma ação na cidade resultante do encontro.
    Caso queira: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000754095522
    Abraço!
    Glauco

  2. Fala, Glauco!
    O Denis me contou do TEDx que vcs fizeram. Achei muito legal.
    Estou à disposição para conversar, vai ser um prazer.
    abs
    Rodrigo

  3. Pingback: Ajuda: como fazer o movimento de sustentabilidade crescer? | A Ficha Caiu

  4. Pingback: Os mais acessados de 2011 | A Ficha Caiu

  5. Olá Rodrigo, existe alguma iniciativa no Brasil de TEDxMentors? Pessoas que possam dar dicas para quem pretende organizar TEDx aqui no Brasil, sabemos que temos particularidades e saber disso por que já passou pela experiência poderia henmriquecer e contribuir para eventos com maior qualidade. Obrigado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s