Arquivo da tag: aquecimento global

Reunião embaixo d’água nas Maldivas

Os ambientalistas costumam ter boas sacadas de comunicação. A última delas foi no final de semana, quando o presidente da Maldivas, falando em causa própria, assinou um documento com um alerta sobre o aquecimento global. Maldivas, um arquipélago no Oceano Índico, é um dos mais ameaçados pelo possível aumento do nível do mar. Vejam a foto e a matéria abaixo, publicada na BBC. De fazer inveja ao Greenpeace.

17/10/2009

15h06

Maldivas realizam reunião ministerial debaixo d´água para alerta sobre clima

da BBC Brasil

O governo das Maldivas realizou, neste sábado (17), uma reunião ministerial no fundo do mar para alertar contra os perigos do aquecimento global.

O país, localizado no Oceano Índico, fica a pouco mais de dois metros acima do nível do mar e teme ser engolido pelas águas se o nível dos oceanos continuar subindo por causa do aquecimento global.

e34402ae-0df3-4721-8eb1-f0a9f01ab236.hmediumPresidente de Maldivas, Mohamed Nasheed, em reunião ministerial debaixo d´água, para alerta sobre problema do aquecimento global

Durante o encontro subaquático, que teve participação do presidente Mohamed Nasheed, os doze ministros assinaram um documento pedindo cortes nas emissões globais de carbono.

Eles passaram meia hora a cinco metros de profundidade, cada um acompanhado de um mergulhador profissional. Para se comunicar, usaram quadros brancos e sinais.

O documento será levado para a Conferência de Mudanças Climáticas da ONU em dezembro, em Copenhague.

Depois da reunião, o presidente Nasheed disse que, se a reunião de Copenhague não conseguir chegar a um acordo para substituir o Protocolo de Kyoto, que expira em 2012, o povo das Maldivas “vai morrer”.

“Estamos agora tentando enviar nossa mensagem para que o mundo saiba o que está acontecendo e o que vai acontecer com as Maldivas se as mudanças climáticas não forem interrompidas”, disse o presidente.

Assista vídeo da reunião.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Comunicação, Sustentabilidade

A casa encolhe dia após dia

Fui ver nesse final de semana o documentário Terra com o Augusto e a coleguinha Bruna (já que o Vico ainda é muito pequeno para o cinema eu e a Ju nos dividimos para atender as crianças). Gutão e Bruna ficaram vidrados e curtindo cada cena, principalmente aquelas em que os bichos passavam por dificuldades (migração, caça & caçador, primeiros passos etc). E falaram para caramba – umas três ou quatro vezes fizeram pssshhhhhhh para eles. A Bruna, que quer ser veterinária, torcia em voz alta para os bichos escaparem do predador. E o Gutão (disse no carro que quer ser cantor de Rrrock ‘n’ Rrroll, com todas as letras devidamente enroladas), no auge da gostosa ingenuidade dos cinco anos, achava que o lobo só queria ajudar, quando cercou e preparou o bote no filhote de Rena que perseguia.

O que eles mais gostaram – ou sofreram – foi com o personagem Urso Polar que a equipe de aventureiros conseguiu filmar (vale ver os créditos do filme com os bastidores das filmagens). A grande mensagem do filme é a luta do urso para tentar encontrar comida no gelo cada vez mais escasso do Ártico. Na hora lembrei desse vídeo-sacada do Greenpeace.

O filme é um alerta esteticamente perfeito do impacto do aquecimento global no planeta maravilhoso em que vivemos (e precisamos conhecer melhor). E esse vídeo é uma sacada genial para falar de um jeito simples sobre algo complexo. Ponto para a comunicação da sustentabilidade.

Deixe um comentário

Arquivado em Sustentabilidade

O estado das coisas

Três coisas rápidas e interessantes que estão acontecendo no mundo hoje:

1. Campanha contra uma tuberculose maligna (altamente resistente a remédios), que já está fazendo estrago global, principalmente na África. Chama-se XDR-TB. A campanha é toda baseada em fotos de um fotógrafo que ganhou uma bolsa do TED, site que reúne a nata mundial de pessoas que fazem a diferença (positiva) em nossas vidas. Veja: www.xdrtb.org.

2. Dia 23 de setembro foi o dia em que o mundo consumiu todos os recursos naturais disponíveis para 2008 (Earth Overshoot Day). A cada ano que passa, esse dia está chegando antes. Veja o link. Sobre isso, uma colega escreveu o seguinte: “Batemos um recorde negativo na história mundial. Segundo cálculos da Global Footprint Network, a humanidade consumiu todos os recursos naturais que a Terra produziu esse ano. É o mesmo que dizer que a partir dessa data até o fim de 2008, nós estamos com um déficit natural. O que será consumido não poderá ser renovado. Desde a década de 80 somos deficitários, porém a cada ano mais cedo. O primeiro ano que consumimos todos os recursos que a Terra era capz de recuperar no ano foi em 1986, em 31/12. Em 21/11/1995, atingimos a marca e em 2002, chegamos em outubro.

3. Crescimento vs desenvolvimento. Tenho falado bastante desse tema no trabalho. Saiu uma matéria bacana na superinteressante. Vejam o link no blog Nosso Futuro Comum, do Hugo Penteado. A Super, como sempre, tratou o tema de maneira simples e educativa. Devo a essa revista (e ao meu pai, que meu deu a assinatura!) minha formação em cultura geral. Tinha a coleção, desde o número zero. Um clássico, com matéria sobre supercondutores. Um trem levitava na capa. No final da década de 80, se não me engano…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized